CristaoRico.com.br / Geracao de riqueza a luz da Biblia

3 Dicas de Ouro para o Empresário Cristão

11 de setembro de 2018

Os altos e baixos do Empresário Cristão

Não é novidade para nenhum empresário de que a história de um empreendedor de sucesso é feita de altos e baixos.

Assim como na vida cristã existem momentos de vale e de glória.

A grande maioria dos empresários de sucesso já tiveram inúmeros momentos de fracasso.

Steve Jobs fundador da trilionária Apple chegou a ser demitido de sua própria empresa em um momento de crise.

Em 1997 quando a Apple estava praticamente quebrada Jobs reassumiu o comando e achou o “fio da meada” que levaria a empresa ao caminho para se tornar a empresa mais valiosa do mundo na atualidade.

Outros casos de gigantes como Nike nao são tão diferentes. Há quem diga que a Nike após inúmeras crises, teria quebrado definitivamente não fosse pela parceria estabelecida com Michael Jordan em 1985, 14 anos após sua fundação.

Alguns investidores ao tomar a decisão se irão se tornar sócios em outros negócios ou não: tomam como critério de avaliação se o empreendedor que comanda aquele negócio já quebrou alguma vez na vida.

Eles avaliam que caso o empreendedor ainda não tenha quebrado ou pelo menos não tenha passado por sérias dificuldades os riscos do investimento se tornam muito maiores.

Refletindo em nossa trajetória como empreendedores cristãos, percebemos que existem 3 fatores que quase sempre determinaram nossos momentos de sucesso e de fracasso em nossa vida empresarial.

Se voce é ou pretende ser um empresário cristão fique ligado nessas revelações de Deus pra você.

 

1.Aderência ao Propósito ou Missão

Você já parou pra pensar por que sua empresa existe?

Ser empresário é realmente um propósito de Deus para sua vida?

Descobrir isso faz toda a diferença para o seu sucesso.

Nosso Deus é um Deus de propósito!

Ele é soberano e jamais permitiria que um filho dele montasse um negócio SEM propósito.

Ainda que o propósito seja apenas o seu crescimento na fé ou seu aprendizado para algo muito maior.

Acredite…

Deus tem um propósito para seu negócio!

Descobrir a vontade de Deus para seu negócio é um dos principais desafios do Empresário Cristão.

Quando entendemos genuinamente o motivo pelo qual Deus permitiu que nosso negócio fosse construído temos uma dica preciosa de qual direção devemos realmente tomar para nosso negócio.

Este assunto é tão importante que o abordaremos com mais profundidade em outras oportunidades

Mas comece a pensar sobre isso já!

Este é um trabalho de descoberta…

E aqui não estamos falando apenas da missão empresarial ensinada nos cursos de administração e que a maioria das empresas divulgam em suas placas.

Estamos falando de uma missão genuína, algo espiritual, um propósito inspirado por Deus e que certamente impactará e refletirá o reino de Deus na comunidade.

Para entender melhor sobre o que estamos falando leia aqui nosso artigo sobre os 7 montes de influência.

Se você ainda não tem essa clareza de propósito peça a Ele que te revele o motivo para seu negócio de fato existir.

Comece a pensar como seu negócio poderia refletir o reino de Deus na sociedade.

Como ele pode servir ou ajudar pessoas?

Não importa o quão distante você esteja disso…

Aqui não importa se sua empresa tem dívidas, se ela dá lucro ou prejuízo…

Ou o que você tenha feito de certo ou errado.

Também não vale se enganar achando que o propósito do seu negócio é simplesmente abençoar você e seus familiares.

Deus não precisa te dar um negócio pra poder te abençoar…
Os planos dele são muito mais altos dos que os nossos!
Certamente Ele quer que seu negócio seja canal de bênçãos para outras pessoas…

Tente descobrir quais são os sonhos que Deus tem para você e para o seu negócio…

Pergunte a Ele em oração e certamente Ele irá te revelar.

Dica: Antes de dedicar seu recurso, tempo e dinheiro a um projeto ou tarefa se questione o quanto isso está alinhado com o propósito de Deus para sua vida.

 

2. Uma boa Mordomia

Falamos sempre por aqui do princípio da mordomia cristã, em nosso Ebook BestSeller mostramos como e porque através deste princípio o cristão pode se tornar rico.

O princípio da mordomia defende que tudo aquilo que temos nao é nosso…mas sim de Deus.

Ele simplesmente coloca em nossas mãos para que possamos cuidar e produzir frutos, assim como bons mordomos.

“Aquele que é fiel no pouco no muito será colocado.” – Mateus 25:23

Se você tem uma empresa pequena precisa aprender a cuidar, administrar com diligência, produzir frutos para que então Deus coloque em suas mãos uma empresa maior.

A falta de mordomia certamente te levará para o vale.
É uma questão de amor de Deus para contigo.

Em geral é no vale que se aprende a ter uma melhor mordomia.

Dica: Garanta que sua empresa esteja com processos sólidos de administração à luz da Bíblia, principalmente se pretende expandir seu negócio.

 

3. Servir mais pessoas e com mais valor

O dinheiro que sua empresa vai gerar é proporcional ao valor e a quantidade de pessoas que ela serve.

Não é difícil entender isso…

Se você tem uma barraca de hot dog e fatura R$500 por dia servindo 50 pessoas.

Quanto faturaria por dia se  conseguisse agora servir 100 pessoas? R$1000, o dobro!

E se você tivesse uma rede de barracas que atendessem a 1000 pessoas por dia?
Faturaria R$10000 por dia ou seja 10x mais.

Mas e se ao invés de vender apenas o hot dog por R$10 passase a servir também lanches mais elaborados no valor de R$20?
Quanto faturaria? Sem dúvida ainda mais.

Perceba que o faturamento que seu negócio gera está sempre muito ligado à quantidade de pessoas que ele serve e ao valor que ele agrega a cada cliente.

Dica: Se seu negócio esta dando prejuízo ou se voce nao esta satisfeito com o faturamento reflita como você pode servir e agregar mais valor às pessoas.