CristaoRico.com.br / Geracao de riqueza a luz da Biblia

3 Perguntas Para Responder Antes de Empreender

4 de outubro de 2016

Quem nunca pensou em ser um empreendedor, não é mesmo? Neste artigo iremos abordar 3 perguntas que um empreendedor cristão deve responder antes de empreender.

A Importância do Empreendedor e Como Ser Um

Os empreendedores são o coração do sistema econômico mundial.

Sem empresários e empreendedores, nossa economia seria destruída.

Ser um empreendedor cristão não é um caminho nada fácil de tomar.

Existem muitos desafios e obstáculos que deverão ser superados antes de se tornar um empreendedor cristão bem sucedido.

Existe uma infinidade de artigos, livros e cursos para ajudar o empreendedor começar a construir um negócio viável.

Os que recomendamos são:

Se você quer construir um negócio físicoEmpretec do Sebrae, que já fizemos e já participamos de equipe de ministração do treinamento. Muito recomendado.

Se você quer construir um negócio digital (na internet)Fórmula de Negócio Online, foi o curso que fizemos para lançar o blog. Gostaríamos de ter feito muito antes para ter tido ainda mais sucesso em nossos empreendimentos na internet. Ótimo custo x benefício, conteúdo de muita qualidade. Extremamente Recomendado!

O Empreendedor de Cristo

Infelizmente, acreditamos que existem pouquíssimas fontes para o empreendedor cristão que deseja conduzir seus negócios de acordo com a vontade de Deus. Acreditamos que apenas conduzindo nossos negócios com os princípios de Cristo, teremos verdadeira realização. Sucesso nos negócios é uma coisa, mas a realização verdadeira de um empresário cristão é algo totalmente diferente.
A maioria das pequenas empresas falham no primeiro ano…
E muitas mais durante os três primeiros anos.
Será que uma empresa com Cristo guiando falharia?
Claro que não!
Alguns empresários também obtêm sucesso sem nenhuma comunhão com Cristo, muitos deles se tornam empreendedores seriais e iniciam várias empresas ao longo de suas carreiras.  Parece que estes empresários ficam tentando algo que nunca os realizará.Eles podem encontrar o sucesso em cada empreendimento, mas continuam a viver no vazio quando se trata da verdadeira realização que procuram.Por que não se realizam?Por que muitos deles, apesar de ter sucesso em várias empresas, nunca encontram seu verdadeiro propósito, ou sua verdadeira missão.Por isso possuem o sentimento de que sempre lhes falta algo.Como lhe faltam algo, então partem para o próximo empreendimento com a falsa ilusão de que agora serão realizados.

As 3 perguntas que todo Empreendedor Cristão deveria fazer

Acreditamos que existem 3 perguntas que um empresário cristão deve responder antes de fazer qualquer coisa.

O perfil de um empreendedor é sempre movido a muitos desafios.

Quando se inicia um empreendimento existem inúmeros desafios que devem ser sanados e que pode o deixar motivado por muito tempo: Eles têm que encontrar uma forma de financiar o início do negócio, entender detalhadamente o mercado, provisionar todos os recursos que serão necessários para o bom andamento do negócio, entre outras atividades.

Enfim, há muito trabalho a fazer e isso no início parece bastante desafiador.

Ocorre que 2 coisas podem ocorrer neste processo:

  • Frustração por incompetência – Devido às dificuldades encontradas no negócio o empreendedor se frustra, se deixa abalar por sua falta de habilidades ou competências e leva o negócio a ruína. Para evitar isto é fundamental que o empreendedor esteja muito bem preparado.
  • Frustração por falta de propósito – O empreendedor pode ter sucesso financeiro ou não em sua empresa, mas se sente frustrado por falta de propósito. Começa a se questionar porque está fazendo aquilo, porque trabalha tanto, entre outras várias questões que só quem passou por este processo sabe quais são.

Para evitar estas frustrações e ter força para encarar todos os desafios que a vida empreendedora nos impõe, nosso conselho é que você saiba responder com muita clareza e confiança as questões abaixo.

1. Por que estou fazendo isso?

Cremos que esta seja a questão central para justificar todo esforço que realizamos em nossas vidas.

A pergunta do “Por quê?” é tão crítica que não conseguimos mais nos imaginar vivendo sem ela! Faz toda diferença ter clareza nesta resposta.

Você sabe o que é motivação?

É o “Motivo” para a “Ação”!

Qual é o real motivo para você tomar a ação de começar este negócio?

Poderia ser o desejo de trabalhar de onde você quiser ou a crença de que você tem uma maneira melhor de fazer as coisas do que seu chefe teria ou o desejo de prosperar financeiramente para ser canal de bençãos na vida de outros.

Seja qual for o seu motivo.

Esta deve ser uma questão central para sua vida como empreendedor cristão.

Não responder a esta questão sem uma profunda reflexão pode te levar a uma enorme desmotivação e arrependimento no futuro.

A resposta bem fundamentada a esta pergunta, te dará o combustível que você precisa para passar pelos “traumas” de se começar um negócio.

A resposta a esta pergunta será sua mola propulsora, para seguir em frente em meio as dificuldades.

Agora precisamos te alertar para algo muito importante…

ATENÇÃO!!

Muitos empresários tem tentado responder esta pergunta com as motivações deste mundo.

Pode ser que obtenham sucesso financeiro em seus negócios, mas jamais encontrarão verdadeira satisfação.

A única maneira de responder o seu “Porquê?” de maneira correta:

É perguntando para Deus!

A resposta de Deus para sua vida nesta questão é a garantia de que você jamais se sentirá decepcionado no futuro.

Portanto, se ajoelhe diante do Senhor e comece a clamar pela sabedoria de Deus para conseguir a resposta perfeita para esta pergunta em sua vida.

Uma boa dica de pergunta para se fazer é: Porque Deus me abençoaria neste negócio?

2. Quem é o dono desta empresa?

Esta é outra questão que vai trazer uma boa clareza nas decisões e desafios futuros do empreendedor cristão.

Pode ser que você esteja começando seu negócio com um sócio, ou até sozinho, mas sempre seu cônjuge se envolverá em algum nível neste negócio.

Seja qual for o caso, a propriedade desta empresa deve estar claramente determinada.

Qualquer confusão ou dúvida com relação a esta pergunta, irá criar graves dificuldades no futuro.

A resposta a esta pergunta poderá salvar seu negócio da destruição no futuro.

Quantos negócios já não foram destruídos por falta de alinhamento entre sócios ou entre cônjuges?

Você provavelmente vai ouvir várias opiniões sobre a melhor forma de conduzir o seu negócio.

Nossa dica é para que você jamais perca a essência.

E grande parte da sua essência vem da primeira pergunta: Porque estou empreendendo?

Por isso é fundamental que seus sócios estejam alinhados com o seu “Porque” ou seja, eles devem acreditar na sua resposta a primeira pergunta.

Aqui temos mais um alerta importantíssimo…

ATENÇÃO !

A resposta errada do “porque” da primeira pergunta é a razão pela qual muitos empresários bem sucedidos tem se sentido frustrados.

Mas só consegue responder de forma correta a primeira pergunta, quem consagra seus negócios a Deus.

O empreendedor cristão entende que Deus é o dono do seu negócio.

Na verdade, Ele é dono de tudo.

Se você não reconhecer isto, certamente terá problemas mesmo que a empresa tenha sucesso.

O caminho para o sucesso pleno e para a verdadeira realização do empreendedor cristão é reconhecer que Deus é dono de seu negócio e com isso operá-lo de forma que se alinhe integralmente com a Sua Palavra …

3. Qual é a visão para este negócio?

Se você já é um homem de negócios cristão, já deve estar imaginando esta questão no contexto de uma declaração de missão e valores fundamentais da empresa.

Embora este seja um fator importante para o sucesso da empresa.

Neste item estamos falando da sua própria visão pessoal para o negócio, o que com certeza será um pouco diferente da visão e cultura da sua empresa.

Quando eu digo que você deve determinar a sua visão para o negócio, quero dizer que você precisa traçar um destino.

Onde você quer acabar?

Até onde você vai?

Você consegue se imaginar neste negócio por 25 anos? Como ele será em 25 anos?

Qual o legado que você quer deixar com este negócio?

Escreva em algum lugar para seu registro e lembrança, o que você quer que as pessoas digam sobre seu negócio no final destes 25 anos.

Que tipo de reputação você deseja que este negócio tenha?

Quem você quer impactar? Qual a sua causa? Como estas pessoas serão impactadas?

Sem um destino claro em mente, você vai “deixar a vida te levar” em muitas decisões durante os próximos anos.

Mas se você tiver clareza desde o início, será muito mais fácil tomar decisões no futuro.

Aqui vem outro alerta importantíssimo…

ATENÇÃO !

Uma visão que é centrada em resultados mundanos pode te  ajudar a ter sucesso no mundo dos negócios como empresário, mas você não vai encontrar a realização que você precisa como empreendedor cristão.

Ore por esta resposta. Busque orientação na Palavra de Deusa para esta visão.

Se você permitir que Deus lhe dê essa visão, você não imagina o impacto que isso terá sobre os seus resultados e sobre sua vida.

A Bíblia promete que Deus é fiel para cumprir o que prometeu.

Porque um Pai não cumpriria os desejos do coração de um filho?

Claro que estes desejos devem estar pautados na Palavra do Pai e guiados pelo seu Espírito Santo da verdade.

E então?

Você já respondeu a estas perguntas sobre o seu negócio?

Você está preparado para responder a estas questões agora?

 O que você achou do artigo? Pode deixar seu comentário la embaixo, ok?

Deixamos aqui a indicação de um treinamento que fizemos e nos ajudou muito a aperfeiçoar a resposta a estas perguntas:

Método Cronos: Gestão do Tempo e Produtividade

Veja também:

O Segredo do Sucesso para o Homem de Negócios

Aula online: Como criar seu empreendimento na Internet do zero